LabClínicas

NOTÍCIAS - Pesquisadores replicam pela primeira vez células cerebrais de Alzheimer em uma Placa de Petri - por Ana Beatriz de Melo A. Del Tio

Pela primeira vez, e para o assombro de muitos colegas, pesquisadores do Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, replicaram em uma Placa de Petri células cerebrais humanas com estruturas da doença de Alzheimer em desenvolvimento.

O feito resolve um problema de longa data do estudo da doença e no desenvolvimento de drogas para tratá-la: o melhor já conseguido até hoje eram camundongos que desenvolviam uma forma imperfeita de Alzheimer.

A chave para o sucesso, segundo o líder do estudo, Rudolph Tanzi, foi seguir a sugestão de seu colega Doo Yeon Kim, de cultivar células cerebrais humanas em um gel, onde elas formariam conexões, como num cérebro de verdade. Eles trabalharam com neurônios de Alzheimer e em semanas viram um enrijecimento como o das placas de beta-amilóide e os emaranhados característicos da doença.

O trabalho, que também confirma que o desenvolvimento da doença começa com o acúmulo de placas beta-amilóide, foi publicado na revista “Nature” neste domingo.

— É um passo gigante neste campo e pode acelerar dramaticamente os testes de novos tipos de drogas para tratar a doença — disse o médico P. Murali Doraiswamy, pesquisador de Alzheimer na Universidade de Duke.



Read more: http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/pesquisadores-replicam-pela-primeira-vez-celulas-cerebrais-de-alzheimer-em-uma-placa-de-petri-14227149#ixzz3G1rIjRJh