LabClínicas

NOTÍCIAS - Mistura de nutrientes melhora a memória de pacientes com Alzheimer - por Ana Beatriz de Melo A. Del Tio

Um suplemento alimentar líquido promete ajudar a manter a memória de pacientes que sofrem de doença de Alzheimer em fase leve. O estudo de um novo composto nutricional que beneficiasse esses pacientes começou há 10 anos, no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos EUA. O professor do Cérebro e Ciências Cognitivas Richard Wurtman desenvolveu um mix de nutrientes e passou a pesquisar o uso desse composto com foco em reconstituir a perda da comunicação química entre os neurônios em Alzheimer.

Testes feitos com 225 pacientes com Alzheimer leve mostraram que 40% que ingeriram o suplemento diariamente melhoraram a memória, após 12 semanas. Outra pesquisa, realizada em países europeus com 259 pessoas, durante 6 meses, também tiveram o mesmo resultado.

Os estudo foram patrocinados pela Divisão de Nutrição Especializada da Danone, que agora detém a licença da patente registrada pelo professor do MIT. Os resultados do ensaio clínico, realizado na Europa, foram publicados no ano passado na "Journal of Alzheimer´s Disease". Outro estudo, no entanto, mostrou que a bebida não tem efeito em pacientes com a doença em estágio mais avançado.

- Tem muita gente com Alzheimer. Poucos recebem diagnóstico e muito menos doentes são tratados. O óbito vem em cerca de 12 anos - explica o neurologista Paulo Bertolucci, da Unifesp.

O produto entrou no Brasil em setembro do ano passado e já vem sendo usado por mais de duas mil pessoas. A fórmula, entre outros componentes, traz vitaminas do complexo B, fosfolipídios, antioxidantes e colina. O Souvenaid acaba de ser lançado no Brasil e cada frasco de 125ml da bebida custa cerca de R$ 10 a unidade.

O suplemento não substitui medicamentos, alerta Cláudio Sturion, diretor médico da Divisão de Nutrição da Danone.